Parte 1 - Destinos Cruzados

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Admin em Dom Ago 09, 2015 1:59 am

Para Maykon ( Kraus - Bárbaro Meio-orc)

Morag (Sexta), dia 2 do mês de Wynn de 1400 -  Verão - 13:30 - Valkaria

Havia mais de uma hora que o sol atingiu seu ápice, estava quente como uma tarde típica de verão e você estava ansioso, estava há mais de uma hora ansioso.

Era a época em que Lenya voltava para sua vila, para visitar seus pais, ela chegava pela manhã vinda de Valkaria, ficava com eles até o almoço quando finalmente deixa a cava na vila e caminhava até o bosque onde você tinha sua cabana. Lenya era um dos seus poucos amigos, mesmo depois de anos o povo da vila ainda não se sentia muito confiante sobre você, ou pelo menos não se sentiam a vontade por sua aparência.

Você estava deitado, estirado ao sol em frente a sua cabana, olhando para o céu perdido em pensamentos e contando os minutos, você tentava decidir que rumo tomar, se ficava e continuava aguardando ou se ia até a vila, até a casa dos paisde Lenya, para encontrá-la.



Para Douglas ( Ulac - Ladino Humano)

Tirag (Quinta), dia 1 do mês de Wynn de 1400 -  Verão - 19:00 - Valkaria

Era mais uma noite na grande Valkaria, mais uma taverna. Para sua profissão, não era bom ter um local fixo para residir, portanto você pulava de cidade em cidade, de taverna em taverna, algumas vezes até usando outros nomes para ocultar a identidade.

Já faziam quase duas semanas que você estava na capital do Reinado e ainda não tinha realizado um golpe digno, sequer tinha um plano. Numa cidade grande os ladrões são mais numerosos e desde a notícia de que o grande Galtran estava na cidade toda a vigilância fora redobrada, dificultando suas atividades.

Estava sobrevivendo praticamente de suas economias e de pequenos furtos, suficientes para pagar-lhe o alimento e a bebida do dia, mas escassos demais para lhe prover o luxo que desejava. Você estava na taverna dos irmãos Breef, um local agradável e discreto, não atraía pessoas ricas de quem você poderia tirar algo e por isso atraía outros profissionais.

A taverna possuía 3 andares, o térreo destinado a própria taverna e os outros onde ficavam os quartos. Na taverna um balcão em formato de L era comandando pelos irmãos Breef, dois gêmeos divertidos de panças enormes de tanta cerveja que consumiam.

Você começa a noite com um copo de vinho, pensando no que faria nos próximos dias.


Para Vinícius ( Fou-Lou - Samurai de Lin-Wu Meio-Dragão)

Morag (Sexta), dia 1 do mês de Wynn de 1400 -  Verão - 04:30 - Valkaria

Como um bom samurai-sacerdote você cumpria os ritos religiosamente, acordava bem cedo no templo, quase duas horas antes do sol nascer para limpar sua armadura, preparar suas vestimentas, treinar e fazer suas orações. Tudo isso não fazia parte da rotina do templo mas era um hábito que você desenvolveu.

Depois de cumprir sua rotina particular os tambores do templo tocavam anunciando a alvorada, a partir daquele momento seu dia seria dedicado a Lin-wu, o Deus-Dragão. Depois de um desjejum parco feito com água, pão e uma única fruta vocês começam a limpeza do templo, 6 andares no prédio principal mais uma área de quase 4 campos de futebol esperando você e outros samurais em treinamento  para limpar.

Ao menos sua função na limpeza não era catar folhas e aparar árvores e plantas, era limpar o museu do templo e ali podia aprender um pouco mais da cultura do seu povo. Enquanto esfregava uma armadura antiga, cuja máscara sob o pesado elmo imitava um demônio da tormenta assustador, você começa a escutar os tambores tocando novamente.

Faltava muito ainda para o almoço e os sons do tambor eram diferentes do que se ouvia na rotina do templo, mas você os reconhecia, eles haviam voltado, os samurais mais velhos e experientes, os bravos heróis que expediam sob sua antiga terra Tamu-Ra em busca de informações e relíquias sobre seu povo.

Você estava ansioso, Ny-ren, um dos samurais mais corajosos e seu mentor havia lhe dito da última vez que seu grupo estava perto de encontrar uma das poucas cidades que ainda tinham alguns prédios de pé do antigo reino e essa cidade era justamente aquela em que você nascera e talvez houvesse alguma pista sobre seu irmão.

Cabia a você decidir se iria agora até Ny-ren ou se ia esperar para falar com ele depois.


Última edição por Admin em Dom Ago 09, 2015 7:39 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 120
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
12/12  (12/12)
Pontos heróicos:
12/12  (12/12)
Pontos de magia / fé:
12/12  (12/12)

Ver perfil do usuário http://sigillumdaemon.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Vini em Dom Ago 09, 2015 12:55 pm

Eu espero para falar com meu mentor depois
avatar
Vini

Mensagens : 18
Data de inscrição : 25/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
12/12  (12/12)
Pontos heróicos:
7/7  (7/7)
Pontos de magia / fé:
7/7  (7/7)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por maykon em Dom Ago 09, 2015 6:25 pm

kraus se levanta e fala consigo mesmo - kraus nao espere kraus age; ele caminha ate a casa de lenya
avatar
maykon

Mensagens : 23
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
13/13  (13/13)
Pontos heróicos:
3/9  (3/9)
Pontos de magia / fé:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por dbastos em Dom Ago 09, 2015 7:37 pm

Ao termino do primeiro gole, observo ao redor em busca de oportunidades, ainda com o copo na mão, saio do balcão em busca de alguma meretriz atraente. Desejo conhecer segredos e encontrar um bom alvo.
avatar
dbastos

Mensagens : 13
Data de inscrição : 25/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
10/10  (10/10)
Pontos heróicos:
7/7  (7/7)
Pontos de magia / fé:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Admin em Dom Ago 09, 2015 8:51 pm

Para Kraus (Maykon):


Morag (Sexta), dia 1 do mês de Wynn de 1400 -  Verão - 13:50 - Valkaria

Você decide ir até Lenya, levando consigo seu machado (nunca saía sem ele) e algumas moedas caso precisasse de alguma coisa.

O caminho pelo bosque de eucaliptos era curto e em 10 minutos vc chega até a trilha que os caçadores e lenhadores da vila usavam para entrar no bosque. Não haviam perigos o bosque era povoado principalmente por animais silvestres e praticamente livre de monstros, a vila ficava longe das estradas principais por onde as grandes caravanas, que atraíam ladrões, passavam, mas ficava perto o suficiente de Valkaria para manter longe raças bestiais.

Em pouco tempo vc chega a vila de Fouzem, uma comunidade de menos de 30 casas formada basicamente por agricultores, artesãos e lenhadores. A vila possuía poucas ruas, todas de terra batida, havendo muito pó nesta época do ano devido as poucas chuvas do verão recente. O caminho mais curto até a casa de Lenya era atravessar a rua principal da vila, as pessoas já o conheciam mas o evitavam por medo do que eles achavam que vc fosse capaz de fazer e vc não se importava muito, preferia tê-los assustados do que o caçando.

Rapidamente vc chega até a casa de Lenya, uma construção de pedra e barro pequena e humilde como as demais casas da vila, da chaminé saía fumaça o almoço já havia começado, havia cheiro de feijões cozidos e assado, talvez um frango ou até mesmo um porco, o senhor Carterian gastava o que podia para receber em a filha.

Na porta da casa estavam, Layla, mãe de Lenya, com um olhar triste e incomodado, sentados no chão estavam seus irmãos Ley que corre para recebê-lo e Naya, a irmãzinha que apenas acena com as mãos.



Para Fou-Lou (Vinícius)

Morag (Sexta), dia 1 do mês de Wynn de 1400 -  Verão - 04:45 - Valkaria

Já faziam quinze minutos desde que os sinos começaram a tocar, isso era incomum, nem mesmo o alvoroço comum que os outros samurais faziam quando os mais velhos chegavam acontecera.

Convicto de suas obrigações você continua a limpeza do museu, peças de todo o tipo, armaduras, armas, pinturas e esculturas, objetos simples, tudo que lembrava a antiga cultura do seu povo estava ali, como forma de manter Tamu-Ra viva.

Vc pensava na sua vida, estava já a algum tempo no templo de Lin-Wu e logo terminaria seu treinamento e ainda não sabia o que fazer. Viera para cá por ser um dos muitos órfãos de Tamu-Ra, sua mãe falecera, sabia apenas que tinha um irmão mas não sabia onde ele poderia estar e nem tinha certeza se desejava encontrá-lo. Não fazia idéia de quem era seu pai, sabia apenas que com certeza era um dragão afinal vc era um mestiço e vc mantinha rancor por isso, a sociedade tamuriana era extremamente segregacionista e vc recebeu tratamento diferenciado por não ser um tamuriano puro.

Vc escuta passos apressados pelos pisos de madeira corredores e em pouco tempo as pesadas portas de madeira da sala do museu se abrem, era Akami, um amigo de treinamento, ele parecia muito abalado:

"Fou-Lou! Finalmente o encontrei! Achei que tivesse descido para ver os samurais chegando! Aconteceu alguma coisa, poucos voltaram, Ny-ren-san e...ele foi ferido...me pediram para procurá-lo e levá-lo até ele..."

 




Para Ulac (Douglas)

Tirag (Quinta), dia 1 do mês de Wynn de 1400 -  Verão - 19:10 - Valkaria

O local não estava muito cheio nesta noite, das oito mesas distribuídas pelo local uma estava ocupada com Hans, um membro da guarda de Valkaria alto e musculoso mas arrogante e não muito inteligente que sempre bebia nesta taverna após o expediente, no seu colo Lucilla, a prostituta que frequenta o local facilmente tirava-lhe algumas moedas fazendo-o pedir mais e mais vinho e fumo, aumentando o lucro dos irmãos Breef.

Numa outra mesa dois homens conversavam, pareciam negociar alguma coisa, um deles, de barba grande, turbante na cabeça, roupas volumosas, cimitarra na cintura e um sotaque estranho contava algumas moedas que retirava de um saco de couro amarrado na cintura enquanto o outro, um homem magro e com cara de fuinha, olhava ambicioso o monte aumentar.

Do outro lado da taverna, numa mesa no canto estavam um halfling, de roupas leves e pés descalços e um anão com uma barba esbranquiçada e com uma armadura de couro conversavam enquanto seguravam seus copos sem dar nenhum gole a vários minutos e olhavam algumas vezes para o homem de turbante.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 120
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
12/12  (12/12)
Pontos heróicos:
12/12  (12/12)
Pontos de magia / fé:
12/12  (12/12)

Ver perfil do usuário http://sigillumdaemon.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Vini em Dom Ago 09, 2015 9:16 pm

Leve-me ate agora!
avatar
Vini

Mensagens : 18
Data de inscrição : 25/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
12/12  (12/12)
Pontos heróicos:
7/7  (7/7)
Pontos de magia / fé:
7/7  (7/7)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Vini em Dom Ago 09, 2015 9:17 pm

Ele*
avatar
Vini

Mensagens : 18
Data de inscrição : 25/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
12/12  (12/12)
Pontos heróicos:
7/7  (7/7)
Pontos de magia / fé:
7/7  (7/7)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por dbastos em Dom Ago 09, 2015 9:38 pm

sento-me próximo do cara com cabeça de turbante. Tentou ouvir algo sobre o que estão falando de maneira discreta.
avatar
dbastos

Mensagens : 13
Data de inscrição : 25/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
10/10  (10/10)
Pontos heróicos:
7/7  (7/7)
Pontos de magia / fé:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por maykon em Seg Ago 10, 2015 9:09 am

kraus responde a pequena naya tambem com a mao, e agarra o ley pelo roupa e fala :
vim falar com sua irma chama ela
e entao coloca ley devolta ao chao e caminha ate a casa
avatar
maykon

Mensagens : 23
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
13/13  (13/13)
Pontos heróicos:
3/9  (3/9)
Pontos de magia / fé:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Admin em Seg Ago 10, 2015 10:59 am

Para Kraus (Maykon)


Morag (Sexta), dia 1 do mês de Wynn de 1400 -  Verão - 13:55 - Valkaria

Naya sorri e corre para dentro da casa, quando você coloca Ley no chão o sorriso do garoto muda uma expressão triste:
"Leya ainda não chegou, mamãe está triste e papai preocupado..."

Você acha estranho a notícia, Leya não se atrasava nunca, quando não era você a buscá-la ela vinha com alguns artesãos que vendiam seus objetos em Valkaria durante a semana e voltavam para a vila no final de semana para produzir mais.

Quando vc chega até a porta, Layla diz, desanimada:
"Entre, há muita comida e não podemos desperdiçar nada..."

O convite era ainda mais esquisito, Layla sempre demonstrou desconfiança e um pouco de medo de vc, apesar de sempre respeitá-lo.

A casa possuía apenas 3 comodos, dois quartos, um para Lenya e seus irmãos e outro para seus pais e a cozinha/sala/oficina da famíia. A mesa que ficava perto da janela estava no centro da sala, para que coubessem mais bancos de madeiras, havia arroz, frutas, um peru assado e uma panela de onde saía uma fumaça com um cheiro muito agradável de feijão fresco.

Num canto da sala vc vê uma mochila mais ou menos cheia, com uma lanterna, cantil e algumas panelas amarradas do lado de fora, um machado de lenhador tbm estava de pé próximo a mochila.

Carterian estava a colocar numa sacola de couro alguns pedaços do peru que ele arrancava com as próprias mãos, enquanto falava com vc:

"Ela não veio e não virá, já fui a vila, falei com os artesãos, eles a esperaram mas ela não apareceu e não deu notícias. Eu vou atrás dela Kraus, quero saber o que aconteceu com minha filha..."

Layla se aproxima de vc e diz em voz baixa, disfarçando para que Carterian não ouvisse:
"Ele não pode ir, vai ficar sem trabalhar e gastamos muito para fazer esse almoço e ele ainda não está bem da saúde"






Para Fou-Lou (Viníciuc)


Morag (Sexta), dia 1 do mês de Wynn de 1400 -  Verão - 04:57 - Valkaria

Vc e Akami correm pelo templo com bastante pressa, das varandas abertas vc podia ver o pátio principal, haviam muitos aprendizes ali falando alto, todos ao redor de um grupo de não mais de 20 samurais.

A frota que partiu de Valkaria para Tamu-Ra levava quase 150 samurais e Ny-ren não estava entre eles, definitivamente algo de muito grave teria acontecido.

Vc´s descem as escadas e atravessam o pátio sem prestar atenção no que os samurais diziam, subindo as escadas vc´s chegam ofegante aos salões de cura: salas com banheiras de ofurô que era usadas para tratar dos doentes e feridos, 3 sacerdotes circulavam a banheira onde estava Ny-ren, ele estava debruçado sobre a banheira com marcas de cortes nas cortas e um buraco na altura do ombro, os sacerdotes pareciam pessimistas.

Assim que ele o vê, ele o encara e estica os braços para pegar uma pequena bolsa de couro enquanto, com muito esforço e a voz bem fraca ele pede que os sacerdotes e Akami se retirem, então ele retira um pequeno livro do bolso e lhe entrega. O livro tinha a capa de couro sem nenhum desenho ou inscrição. Nyren diz:
"Encontrei isso na cidade que visitamos, parecia que os demônios tbm estavam procurando alguma coisa, fomos atacados violentamente, pegos de surpresa.

Encontrei isso numa das casas, parecia um templo, nela havia um desenho de sua mãe e um homem, não era um tamuriano. O local parecia um templo, no desenho, sua mãe e o não-tamuriano pareciam sentados como lordes. Esse livro é na verdade um diário, há um desenho seu aí, vc sabe o que isso quer dizer?

Infelizmente eu não conheço a língua na qual está escrito, mas há quem saiba"
 


Para Ulac (Douglas)



Faça um teste de Percepção.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 120
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
12/12  (12/12)
Pontos heróicos:
12/12  (12/12)
Pontos de magia / fé:
12/12  (12/12)

Ver perfil do usuário http://sigillumdaemon.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por maykon em Seg Ago 10, 2015 1:34 pm

kraus entra na frente de caterian e diz bem seco
[i]kraus vai, kraus resolve, vc velho e lento vc fica, quero ver caterian aqui quando voltar[/]
apos isso kraus rosna para intimidar de garantir que caterian fique em casa, apos isso ele sai sem falar mais nada. off se eles nao tiverem açao apos minha saida eu vou para minha cabana pego o resto das minhas coisas e parto em viagem


avatar
maykon

Mensagens : 23
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
13/13  (13/13)
Pontos heróicos:
3/9  (3/9)
Pontos de magia / fé:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por dbastos em Seg Ago 10, 2015 9:17 pm

teste de percepção
avatar
dbastos

Mensagens : 13
Data de inscrição : 25/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
10/10  (10/10)
Pontos heróicos:
7/7  (7/7)
Pontos de magia / fé:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Admin em Seg Ago 10, 2015 9:17 pm

O membro 'dbastos' realizou a seguinte ação: Rolar dados

#1 'D10' :


--------------------------------

#2 'D10' :
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 120
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
12/12  (12/12)
Pontos heróicos:
12/12  (12/12)
Pontos de magia / fé:
12/12  (12/12)

Ver perfil do usuário http://sigillumdaemon.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por dbastos em Seg Ago 10, 2015 9:48 pm

teste de percepção
avatar
dbastos

Mensagens : 13
Data de inscrição : 25/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
10/10  (10/10)
Pontos heróicos:
7/7  (7/7)
Pontos de magia / fé:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Admin em Seg Ago 10, 2015 9:48 pm

O membro 'dbastos' realizou a seguinte ação: Rolar dados

'D10' :
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 120
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
12/12  (12/12)
Pontos heróicos:
12/12  (12/12)
Pontos de magia / fé:
12/12  (12/12)

Ver perfil do usuário http://sigillumdaemon.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Admin em Qua Ago 12, 2015 12:52 am

Para Kraus (Maykon)
Morag (Sexta), dia 1 do mês de Wynn de 1400 -  Verão - 15:43 - Valkaria

Carterian o observa olho-a-olho, ali vc vê um sentimento raro em relação a vc: gratidão. Você já teve a obrigação de ser grato, a muitas pessoas, mas naquele momento vc era o alvo da gratidão e aquilo o enchia de orgulho e coragem. Layla enche mais a sacola de couro com frutas e pedaços do peru assado enquanto Carterian vai até a mochila pausada no chão, toma-a e a entrega:
"Há uma lanterna, panelas e dois cantis cheios, além de um saco para dormir e material para pesca e para acender uma fogueira. Não acho que vc precisará, Valkaria fica a menos de um dia de viagem a cavalo, a pé, vc deve chegar lá pela manhã caso pare para descansar"

Você pega a mochila e vai até sua cabana arrumar mais alguns itens e então começa a caminhada em direção a Valkaria. 

Deixar a região do bosque e da vila era fácil, era um local pelo qual você costumava andar e poderia fazer aquele caminho no escuro com facilidade. Pouco antes das 16:00 as trilhas do bosque encontram a estrada principal que leva a Valkaria, já era possível ver a estátua da deusa erguida, perder-se seria improvável.

Deste ponto é possível seguir pela estrada principal ou margeá-la pela mata mais baixa que antecede o bosque.

Para Ulac (Douglas)


Tirag (Quinta), dia 1 do mês de Wynn de 1400 -  Verão - 19:13 - Valkaria

Vc senta-se perto dos negociadores tentando ouvi-los mas o tilintar das moedas e o sotaque do homem de turbante dificultavam qualquer entendimento do que se tratava o assunto, além disso, tanto o halfling da outra mesa quanto o homem com cara de fuinha parecem ter percebido sua intenção e o encaravam.

Vc precisava disfarçar sua intenção para evitar maiores problemas e a solução acabava de entrar pela porta da taverna, Durgal, um informante conhecido na cidade acabava de entrar acompanhado por uma pessoa coberta por um manto, pela baixa estatura, ombros finos e volume abaixo do manto era uma mulher, possivelmente uma elfa, mas o capuz impedia de ver-lhes a orelha.

Vc sorria internamente, a intenção ingênua de não chamar atenção era desperdiçada com o manto e o capuz, todos na taverna olharam tentando descobrir de quem se tratava, além disso, apesar de vc duvidar que alguém mais tenha percebido, talvez o halfling, além do capuz chamar demais a atenção a identidade da pessoa poderia ser revelada olhando suas mãos, o manto cobria-lhe o rosto mas não ocultava o orgulho expresso pelo suntuoso anel na mão esquerda com a insígnia em alto relevo da Grande Academia Arcana de Valkaria. A pessoa que acompanhava Durgal definitivamente era uma arcanista.

Durgal caminha cumprimentando a todos por quem passou, ele pretendia disfarçar a gafe de sua companheira. Para sua surpresa ele senta na sua mesa e sua companheira senta ao seu lado, ele coloca os braços sobre o tampão de madeira e sorri:
"Difícil encontrá-lo Ulac, tem tempo para uma conversa rentável?"


Código:
Teste de Percepção com dificuldade Normal: valor de teste 40%, resultado dos dados 45, falha.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 120
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
12/12  (12/12)
Pontos heróicos:
12/12  (12/12)
Pontos de magia / fé:
12/12  (12/12)

Ver perfil do usuário http://sigillumdaemon.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Vini em Qua Ago 12, 2015 7:10 am

Fale mestre onde posso encontrar a pessoa que consiga traduzir o que esta escrito no diário?
avatar
Vini

Mensagens : 18
Data de inscrição : 25/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
12/12  (12/12)
Pontos heróicos:
7/7  (7/7)
Pontos de magia / fé:
7/7  (7/7)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por dbastos em Qua Ago 12, 2015 8:45 am

Sempre estou disponível para negócios, mas por hora que tal me pagar mais uma taça de vinho? O meu está por acabar.
Enquanto bebo mais de meu vinho, encaro a figura de capuz ao meu lado de perto e pergunto a Durgal: Não vai me apresentar a moça?
avatar
dbastos

Mensagens : 13
Data de inscrição : 25/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
10/10  (10/10)
Pontos heróicos:
7/7  (7/7)
Pontos de magia / fé:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por maykon em Qua Ago 12, 2015 2:35 pm

vou caminhar ate valkaria sem descansar, so parando para me alimentar e beber agua
avatar
maykon

Mensagens : 23
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
13/13  (13/13)
Pontos heróicos:
3/9  (3/9)
Pontos de magia / fé:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Admin em Qui Ago 13, 2015 11:08 am

Para Kraus (Maykon)


Morag (Sexta), dia 1 do mês de Wynn de 1400 -  Verão - 21:17 - estrada para Valkaria
Estimulado pela imagem da deusa, você decide continuar a caminhar, o terreno era regular e a estrada principal era bem cuidada, sua maior dificuldade seria mesmo enfrentar o cansaço sozinho e no silêncio da noite quente de verão.
Depois de já ter percorrido quase 15km desde à vila você decide parar e comer. Saindo da estrada cercada de pedras e procurando uma árvore vc retira da mochila o peru assado e começa a comer, as frutas não estragariam e seriam um desjejum melhor do que o assado que, com o calor, já poderia estar estragado no dia seguinte.  Com esse pensamento vc ri mentalmente, estava ficando dócil, comida estragada era um luxo na tribo de orcs que vc cresceu, a vida com os humanos estava mudando-o.
Depois de comer e beber um pouco de água seu corpo começa a sentir os efeitos da caminhada, as pernas doíam e resistiam a se levantar, a noite bem iluminada convidava a uma rápida observação das estrelas.

Faça um teste normal de CON para evitar o sono.


Para Fou-Lou (Vinicius)

Morag (Sexta), dia 1 do mês de Wynn de 1400 -  Verão - 05:13 - sagrado templo de Lin-Wu em Valkaria
Seu mestre fala com uma voz cansada e baixa:
"Vladislav Tpish, um professoda escola de magia dos artonianos. é um homem educado, sincero e culto, de uma personalidade forte, então tenha cuidado com o que irá dizer"
As últimas palavras saem mais fracas do que as primeiras e assim que ele termina dois sacerdotes entram apressados pedindo que vc se retire.
A informação de Ny-ren era ao mesmo  tempo empolgante e desafiadora, saber o qu está escrito no diário poeria revelar muito do seu passado, principalmente sobre quem era seu irmão e quem er seu pai. O problema estava em ir até a escola de magia, o local não ficava distante e nem era muito vigiado mas deixar o templo seria um problema, o local era um internato e ninguém poderia sair sem autorização.
Vc poderia deixar para sair escondido a noite ou tentar falar com o Lao, um dos chefes dos samurais.


Para Ulac (Douglas)
Tirag (Quinta), dia 1 do mês de Wynn de 1400 -  Verão - 19:13 - taverna dos irmãos Breef em Valkaria

Durgal ergue a mão e estala os dedos, quando um dos Breef percebe ele pede uma rodada da bebida que vc estava tomando.

Enquanto vc encarava a pessoa com o capuz, ela se retraía ainda mais, curvando os ombros e baixando a cabeça. Percebendo o constrangimento da moça Durgal diz:
"Assim vc reduz drasticamente suas chances de contratação, Lenya é um pouco tímida como vc já deve ter notado, além disso, ela considera que não é bom um aprendiz da academia arcana ser vista numa taverna como esta. Eu o recomendei dizendo que vc é um dos "rastejadores*" mais discretos que conheço, então não me faça passar por mentiroso."

As últimas palavras Durgal disse rindo enquanto um dos irmãos colocava sobre a mesa 3 canecas de vinho. Durgal bebe um gole de sua caneca, demorando a depositá-la novamente sobre a mesa, já a moça chama Lenya simplesmente segura a caneca com as duas mãos sem levá-la a boca, então, ela começa a falar com uma voz doce mas firme:
"Preciso de alguém que saiba entrar em locais de difícil acesso e tenha experiência em encontrar objetos, mas principalmente alguém que saiba manter segredos, o senhor Durgal me disse que vc era esse homem, devo confiar nele senhor Vinhel?"



Última edição por Admin em Sex Ago 14, 2015 4:14 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 120
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
12/12  (12/12)
Pontos heróicos:
12/12  (12/12)
Pontos de magia / fé:
12/12  (12/12)

Ver perfil do usuário http://sigillumdaemon.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Vini em Qui Ago 13, 2015 11:16 am

Opto por falar com Lao
avatar
Vini

Mensagens : 18
Data de inscrição : 25/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
12/12  (12/12)
Pontos heróicos:
7/7  (7/7)
Pontos de magia / fé:
7/7  (7/7)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por maykon em Qui Ago 13, 2015 12:38 pm

teste de con
avatar
maykon

Mensagens : 23
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
13/13  (13/13)
Pontos heróicos:
3/9  (3/9)
Pontos de magia / fé:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Admin em Qui Ago 13, 2015 12:38 pm

O membro 'maykon' realizou a seguinte ação: Rolar dados

#1 'D10' :


--------------------------------

#2 'D10' :
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 120
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
12/12  (12/12)
Pontos heróicos:
12/12  (12/12)
Pontos de magia / fé:
12/12  (12/12)

Ver perfil do usuário http://sigillumdaemon.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por maykon em Qui Ago 13, 2015 3:52 pm

novo teste de con
avatar
maykon

Mensagens : 23
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
13/13  (13/13)
Pontos heróicos:
3/9  (3/9)
Pontos de magia / fé:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Admin em Qui Ago 13, 2015 3:52 pm

O membro 'maykon' realizou a seguinte ação: Rolar dados

'D10' :
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 120
Data de inscrição : 24/07/2015

Ficha do personagem
Pontos de vida:
12/12  (12/12)
Pontos heróicos:
12/12  (12/12)
Pontos de magia / fé:
12/12  (12/12)

Ver perfil do usuário http://sigillumdaemon.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1 - Destinos Cruzados

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum